Homem-Aranha: De Volta ao Lar | Crítica 2 (SEM SPOILERS)


Após um Reboot mal sucedido, sob o comando do diretor Mark Webb ( O Espetacular Homem-Aranha 1 e 2), o Cabeça de Teia está de volta na telona, só que dessa vez pelas mãos da Marvel e do diretor Jon Watts (Clown). Pode-se dizer que o maior trunfo desse (Re)inicio, seja o fato do roteiro não depender necessariamente de uma historia de origem, o que abre um mar de possibilidades para explorar o nosso protagonista. Aliás, o roteiro é um dos grandes pontos positivos desse novo filme do Aranha.

Tom Holland é definitivamente o melhor Peter Parker/Homem-Aranha do Cinema. Seu personagem possui uma boa construção de um jovem adolescente, cuja a vida se encontra dividida entre estudar e tentar ser um herói que busca pela aprovação dos Vingadores. Vale ressaltar que, dentre os atores que interpretaram o personagem no cinema, Holland é o que melhor representa o que é ser adolescente. O ator também não decepciona como Homem-Aranha, entregando um herói ansioso, carismático, desajeitado e entusiástico. O que fala muito sobre o espírito juvenil, muitos se sentirão representados.

A Marvel não é conhecida por entregar vilões marcantes no cinema, por preferir focar mais em seus heróis, com exceção de Loki (Tom Hiddleston), é claro. Contudo, em Homem-Aranha de Volta ao Lar,  há um bom antagonista, graças a atuação ameaçadora e intimidadora do ator Michael Keaton ( Batman Returns), que aqui interpreta o Abutre. O roteiro definiu muito bem o personagem dentro de uma trama menor, onde não temos vilões querendo destruir ou dominar o mundo.  Embora falte um certo desenvolvimento, o mesmo possui boas motivações que fazem a diferença. Além disso, o vilão tem um plot twist interessante no filme (Não irei falar qual é).

Robert Downey Jr retorna como Tony Stark/ Homem de Ferro em uma atuação divertida, que nos mostra que seu personagem ainda tem muito á oferecer ao universo Marvel. Por mais incrível que pareça, Tony Stark funciona como uma figura paterna para o jovem Homem-Aranha, o que torna o longa ainda mais divertido.

Falando em humor, com exceção de uma piada ou outra, Homem-Aranha: De Volta ao Lar não é apenas um filme de herói, mas uma comédia High School. Marcada pelos personagens: Michelle ( Zendaya), Liz Allen (Laura Harrier)  Flash (Tony Revolori) e Ned (Jacob Batalon).  Ah!  E não podemos se esquecer da Tia May ( Marisa Tomei), que também é uma espécie de alívio cômico. Tais personagens também oferecem camadas á Peter Parker.

As sequências de ação, em sua grande maioria, não impressionam, são do tipo esquecíveis. Porém, bem organizadas e editadas, mas nada como as cenas de ação dos filmes anteriores. A Marvel já fez melhor. A sequência final decai um pouco na confusão de efeitos especias, nada que prejudique consideravelmente o filme.

Veja o trailer do filme:

Homem-Aranha: De Volta ao Lar | Crítica 2 (SEM SPOILERS)

Login

Ainda não tem uma conta?
Registrar-se

Resetar Senha

Back to
Login

Registrar-se

Captcha!
Back to
Login
Choose A Format
Artigo
Escreva textos, incorpore vídeos e links
Video
Incorpore vídeos do Youtube, Vimeo e Vine Embeds