0

Olá pessoal! Como vão vocês? Hoje no nosso game retrô da semana falarei de um game que será relançado em um cartucho especial em comemoração aos 30 anos da franquia e foi um divisor de aguas: após seu lançamento o mundo dos games nunca mais foi mesmo, pois ele é o pai dos jogos de luta.

Resultado de imagem para street fighter 2

Street Fighter 2 foi lançado em 1991 para arcades e teve versões para praticamente todas as plataformas. Ele provocou uma verdadeira revolução na indústria de games trazendo mecânicas inovadoras jamais vistas que se tornaram padrão nos jogos de luta que surgiram posteriormente.

 

Para vocês terem uma ideia, sabem a disputa de rounds em que o melhor de 3 ganha a luta? Foi o Street Fighter que criou essa forma de disputa em sua primeira versão que foi aperfeiçoada no 2 e praticamente todos os jogos de luta 1×1 usam hoje em dia. Outra coisa que foi uma novidade foi o uso de 6 botões, sendo 3 socos e 3 chutes de diferentes forças e dependendo de qual botão você utilizava para fazer os golpes especiais eles têm alcance e força diferentes.

Resultado de imagem para street fighter 2

Outras novidades que explodiram cabeças na época foi a opção de escolher entre 8 personagens diferentes e cada um tinha seu estilo de luta próprio com uma jogabilidade diferente e o uso de comandos para executar os golpes especiais: foi Street Fighter que trouxe pela primeira vez os comandos “meia lua pra frente + soco” , “meia lua pra trás + chute” entre outros que são usados até hoje em jogos de luta  e a contribuição do Street Fighter para o gênero é tão grande que até hoje quando você quer se referir a um golpe que para ser executado deve ser feito o comando “meia lua pra frente + soco” as pessoas falam faz “hadouken pra frente + soco” ou “hadouken pra trás + soco”.

Resultado de imagem para street fighter 2

Street Fighter 2 fez um sucesso estrondoso na época e ajudou no renascimento da indústria de arcades, pois devido aos videogames caseiros a galera tinha perdido interesse em frequentar fliperamas, mas após o fenômeno SF2 o interesse do povo em tirar uns contras nas maquinas voltou e os fliperamas voltaram a ficam lotados. Vendo isso, as outras empresas trataram de criar jogos no mesmo estilo para competir com Street Fighter e aí surgiram os Fatais Furys, The King of Fighters e Mortal Kombats da vida. Se temos tantos jogos de luta bacanas hoje em dia, é graças ao Street Fighter 2 que causou um boom na década de 90.

 

Com gráficos muito bonitos para a época com personagens bem desenhados e cenários cheios de detalhes, uma música tema para cada personagem e um jogabilidade dinâmica e inovadora, Street Fighter 2 é um verdadeiro marco na história dos games, um game atemporal que merece ser jogado e reverenciado por todos! Um clássico eterno!

Imagem relacionada

 

 

 

OS PERSONAGENS

 

Ryu, um japonês praticante de artes marciais, à procura de se tornar o “verdadeiro guerreiro”. Ele foi o vencedor do primeiro Street Fighter, ao derrotar Sagat.

Resultado de imagem para street fighter 2 ryuResultado de imagem para street fighter 2 ryu

 

Ken, companheiro de treino e rival de Ryu, dos Estados Unidos. Ken entra no torneio encorajado por Ryu.

 

Resultado de imagem para street fighter 2 ken Resultado de imagem para street fighter 2 ken

 

 

Chun-Li, uma lutadora de artes marciais chinesa, que trabalha como oficial da Interpol, à procura de vingar a morte do seu pai.

Imagem relacionadaResultado de imagem para street fighter 2 chun-li

 

Guile, um ex-militar das Força Aérea dos Estados Unidos, que quer derrotar o homem que matou o seu melhor amigo.

Resultado de imagem para street fighter 2 guileImagem relacionada

 

 

Blanka, um homem-besta do Brasil, criado na selva.

Imagem relacionadaImagem relacionada

 

 

Dhalsim, um mestre yoga, da Índia. Pacifista, apenas entrou no torneio para ganhar dinheiro para a sua aldeia pobre.

Resultado de imagem para street fighter 2 dhalsimResultado de imagem para street fighter 2 dhalsim

 

 

Zangief, um wrestler profissional da URSS. Entrou no torneio apenas para representar o seu país.

Resultado de imagem para street fighter 2 Zangief Imagem relacionada

 

Honda, um lutador de sumo do Japão. Participa no torneio para provar que o sumo é o melhor estilo de luta do mundo.

Resultado de imagem para street fighter 2 Honda Imagem relacionada

 

 

CHEFES CONTROLADOS PELA CPU

 

Balrog (M. Bison na versão japonesa), um pugilista Afro-americano, desenhado com uma aparência similar a Mike Tyson.

 Imagem relacionada

 

 

 

Vega (Balrog na versão japonesa), um espanhol lutador de jaula, que usa um estilo único de ninjutsu.

Resultado de imagem para street fighter 2 Vega

 

 

Sagat, um mestre de Muay Thai e o chefe final do Street Fighter original, que ficou com uma enorme cicatriz no peito feita por Ryu na final do torneio anterior.

Imagem relacionada

 

 

Bison (Vega na versão japonesa), o oponente final do jogo e o líder da organização criminosa Shadaloo. M. Bison usa um poder misterioso conhecido como “Psycho Power”.

 

 Resultado de imagem para street fighter 2 Bison

 

 

 

CURIOSIDADES

 

1- Exceto Sagat, os chefes tinham nomes diferentes na versão japonesa. Como o pugilista M.Bison tinha uma aparência similar ao lutador Mike Tyson, quando o jogo começou a ser distribuído fora do Japão, a Capcom teve medo de tomar processo de violação de direitos autorais e mudou os nomes dos chefes nas versões ocidentais do game. Assim:

 

O artista marcial Balrog passou a se chamar Vega.

O pugilista M.Bison virou Balrog.

O vilão Vega passou a se chamar M.Bison.

 

Confuso, né? Não era mais fácil a Capcom ter mudado apenas o nome do pugilista? Precisava ter feito essa salada com os nomes dos chefes?

Resultado de imagem para street fighter 2 Balrog

 

2- A inclusão da lutadora Chun-Li foi outro marco de Street Fighter: antes dela, a maioria das personagens femininas dos jogos serviam apenas para serem salvas ou eram personagens secundarias. Com o sucesso de Street Fighter 2 e a popularização da Chun-Li, as protagonistas femininas se tornaram cada vez mais comuns nos games. Desde então, em jogos que é possível selecionar personagens quase sempre tem uma ou duas personagens femininas para escolher.

Resultado de imagem para chun li sf2

 

 

3- Na versão arcade, se o jogador acabasse o jogo apenas com uma ficha (sem pegar continue), nos créditos finais apareciam as fotos da equipe de produção do game, como uma espécie de recompensa pelo feito obtido.

Resultado de imagem para sf2 credits

 

 

4- Na abertura é mostrado dois lutadores, um caucasiano e um negro, se enfrentando e o caucasiano nocauteia o negro com um soco na cara! Nem preciso dizer que essa abertura sem noção e racista foi censurada quando o jogo venho para o ocidente. Nunca tinha sido revelado quem eram esses dois lutadores, mas ano passado a Capcom finalmente revelou os nomes deles: o caucasiano se chama Scott e o negro se chama Max. Foram até divulgadas fichas dos dois lutadores no Street Fighter 5. Será que a Capcom tem planos de inclui-los como personagens jogáveis? Ia ser interessante.

Resultado de imagem para street fighter 2 opening

 

5-  A versão de Snes de Street Fighter 2 detinha o recorde de jogo da Capcom mais vendido de todos os tempos com um total de 6,3 milhões de unidades vendidas. O recorde só foi quebrado em 2013 por Resident Evil 5 que teve 6,5 milhões de unidades, mas Street Fighter ainda detém o recorde de ser o jogo da Capcom que teve mais vendas numa única plataforma (Snes) pois as vendas do RE5 contabilizam as versões de PS3 e X-box 360.

Imagem relacionada

 

Então é isso, pessoal! Espero que tenham gostado do game retrô de hoje! Semana que vem tem mais!

Bom final de semana a todos!

 


O que você acha sobre esse assunto?

0
Cristiano de Andrade
Colecionador de quadrinhos ( especialmente Marvel) , gamer e viciado em séries, ele não entende por que os nerds que na sua época eram tão unidos agora se dividiram em facções: é Caixista contra Sonysta, Marvete contra Decenauta e etc... Bora esquecer rivalidade e se divertir, galera!
Choose A Format
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals