JRPG, o Poder do Oriente
0

Olá Nerds…

JRPG é um estilo único de jogos, já tratamos aqui em uma de nossas colunas sobre os RPGs, o amado gênero baseado em jogos de tabuleiro, não sairemos da mesma base, mas olharemos com outros olhos para este gênero, mais precisamente para um subgênero, os JRPG, um estilo de sucesso estrondoso, tanto quanto os RPGs clássicos, porém, que vem sendo muito bem aplicado não somente em terras orientais, mas também, aqui no ocidente.

Do que se trata?

JRPG é um gênero de jogo que faz parte de games que ganharam destaque nos anos 80, baseados no glamouroso estilo RPG, porém com uma visão japonesa do estilo. O termo JRPG não vem apenas de uma questão geográfica, mas sobretudo de diferenças significativas entre um Final Fantasy, por exemplo, e um Wizardry ou Ultima. Sistemas, mecânicas, temáticas, personagens, ambientação, narrativa; enfim, toda uma gama de distinções que fazem com que aquilo que se distingui como um JRPG seja tão diferente daquilo que chamamos de RPG.

Advertisement

Bem nos primórdios houve uma leve dificuldade para desenvolver estes jogos para os nipônicos, como o idioma japonês usa Kanji, letras próprias da riquíssima cultura japonesa, com séries específicas de detalhes (綺麗薔薇), seus computadores tinham que suportar uma resolução maior para poder exibir os detalhes dos Kanjis. Não era uma questão de gráficos para jogos, era questão de possibilitar que um japonês lesse e escrevesse seu próprio nome. No entanto, isso acabou ajudando os jogos também, já que essas máquinas podiam exibir gráficos em resoluções muito maiores que máquinas ocidentais

O estilo dos enredos destes games lembram muito os animes, em geral são complexos, intensos, com personagens curiosos. Não necessariamente o enredo esta em um contexto medieval, mas em sua maioria, o plano de fundo se passa em eras não tão longínquas no passado e algumas vezes em um futuro em crise.

As vestimentas lembram as corriqueiras que conhecemos, não existem lutas apenas com espadas, arcos e lanças, também existem armas de fogo em alguns títulos. Cidades mais habitadas, ou mesmo megalópoles, veículos modernos e coisas assim tendem a fazer parte da maioria dos JRPG, mas claro, a maioria, não são todos.

O primeiro destaque

Dragon Quest é considerado o primeiro RPG japonês (JRPG), apesar de realmente não ser; porém, ele é o primeiro com grande destaque e até hoje é bem quisto por muitos gamers.

O primeiro Dragon Quest é a pedra fundamental nas bases estruturais do estilo em si, entretanto, sua ligação com os RPGs Ocidentais é considerável. No começo dos anos 80, diversos jogos do gênero chegaram (oficialmente ou não), aos computadores japoneses. Entre tantos títulos, os já citados Wizardry e Ultima foram essenciais para a formação de Yuji Horii como game designer. O desenvolvedor resolveu criar um jogo menos complexo que estes, que poderia ser jogado por um público mais amplo, de crianças a adultos.

Fora de Foco

Muitos títulos consagrados fazem parte dos JRPGs, porém, trataremos nesta resumida lista, de games fora de foco, que tem seu charme e seus títulos, porém, que algumas vezes são esquecidos pelos gamers.

Lost Sphear


Lançado dia 23 de janeiro de 2018 para PC, PS4 e Switch pela Tokyo RPG Factory, este é um game mecanicamente “old school” com seu sistema “Active Time Battle” mas com visuais modernos e lindos. Os sistemas foram reformulados e modificados. Se você é um fã dos RPGs dos anos 80 e 90 e está à procura de uma visão moderna, ou alguém que quer ver por que todo mundo ama tanto esses jogos retrô, neste game, você encontrará algumas respostas.

Octopath Traveler 


Lançado em 13 de Julho de 2018 para Nintendo SwitchOctopath Traveler é outro retro JRPG, embora com uma visão muito própria. Ele combina gráficos 2D pixelados com ambientes 3D para dar uma aparência retro de alta definição que é simplesmente deslumbrante de se ver, o que parece ser batalhas simples baseadas em turnos têm um nível extra de profundidade com um sistema de reforço fácil de entender.

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom


Uma história separada do primeiro Ni no KuniRantantet Kingdom segue a história de Evan, um jovem príncipe usurpado e com o objetivo de recuperar seu reino. Com visuais de anime, combate JRPG em tempo real e pequenas criaturas chamadas Higgldies que se parecem com Pikmin e ativam habilidades especiais em temporizadores. Veremos história sobre uma criança aprendendo a crescer.

Ponto Final

Este é um gênero muito aclamado pelos gamers e com uma série de títulos novos e antigos a serem explorados, vemos que mesmo com a evolução dos jogos, este gênero, continua firme em seus posto e apesar não recebermos nada tão novo nos últimos tempos, sempre existe a espereça de novas ids chegarão e cativarão nosso corações.

 

Advertisement

Ixi! E agora, qual sua reação?

Gostei Gostei
4
Gostei
Uau Uau
1
Uau
Nãaoo Nãaoo
0
Nãaoo
Confuso Confuso
0
Confuso
Choose A Format
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Convencional
Formatted Text with Embeds and Visuals
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes