Konami, Nostalgia e História há mais de 50 anos
0

Olá Nerds…

Para os Retrô Gamers, a “patriarca” empresa de jogos Konami é sinônimo de nostalgia, de lembrar de antigos e bons tempos, eras mais simples e possivelmente melhor vividas e jogadas, esta empresa fez parte do início da jornada gamer de muitos jogadores mundo a fora, porém, hoje,apenas deixa saudades.

No dia 21 de Março de 2019 a saudosa Konami completou 50 anos de muitos jogos, muitas franquias e um grande relacionamento com os players, sendo assim, esta data foi praticamente uma comemoração de bodas de ouro entre a empresa e os consumidores.

Advertisement

História

A nipônica empresa fundada em 1969 tem como origem de seu nome, a junção dos nomes Kagemasa KozukiYoshinobu NakamaTatsuo Miyasako, que foram parceiros adquiridos por Kozuki e os fundadores originais da Konami Industry Co.

Kagemasa Kozuki e Takuya Kozuki comandam a companhia, desde sua fundação, com a família como acionista majoritária (29%).  Com mais de 4.600 funcionários espalhados pelo globo em escritórios no Japão, Austrália, Estados Unidos, Europa e a Ásia (Hong Kong e Singapura), a Konami esta muito longe ser uma produtora qualquer, seus números mostram isso.

Ao completar essa idade, é possível afirmar que a Konami é uma das mais respeitadas empresas de games existente, nascida a 5 décadas atrás, ainda sem o padronizado e conhecido nome. Foi em 1973 que houve o início do processo de fabricação de arcades e cinco anos depois, o lançamento de seus primeiros jogos para máquinas arcades e assim então fizeram muito sucesso: Block Game, Block Invader, Space Ship e Space King.

Clássicos

Nesta vasta caminhada, a Konami fez jogos para uma grande variedade de consoles, e suas franquias realmente marcaram época:

  • Gradius: Conceituado game Shmup, ganhando grande fama entre os amantes de arcades;

  • Contra: Série de títulos “run and gun” muito famosa por conta de sua dificuldade, com ótimos títulos para plataformas em 8 e 16 bits;

  • Teenage Mutant Ninja Turtles: Games da franquia do quarteto de tartarugas, incluindo o aclamado TMNT: Turtles in Time que fez um sucesso avassalador por se tratar de um game nos estilo Beat’em up, que era a moda dos anos 90;

  • Castlevania: A série é tão fantástica que muitos dos indies que conhecemos são baseados nesta franquia. Exploração, muitos monstros, cenário sinistro e muitas outras coisas, tornam a franquia o sucesso que é;

  • Suikoden: JRPG nascido no PlayStation 1, baseado em turnos, porém ganhou fama e fãs por todo o globo;

  • Silent Hill: Trama de terror que surgiu também no PS1, franquia baseada em sustos suspenses e muitos pesadelos a noite;

  • Metal Gear: Game de ação baseado em espionagem um dos grandes carros chefes da Konami.

Queda

Mesmo tendo como frequência lançamento de grandes “Best Sellers” no mundo gamer,  o mapeamento de progressão e aplicação de projetos foi se desestabilizando com o passar do anos. Grandes game designers fizeram carreira dentro da companhia, tornando-se, em alguns casos, celebridades cultuadas pelos fãs de seus jogos. Porém, para alguns desses profissionais, a limitação imposta pela administração da Konami fez com que grandes cooperadores preferissem buscar novos ares.

Ao que tudo indica, foi o caso de Koji Igarashi, grande produtor de Castlevania, que saiu da empresa em 2014, afirmando buscar maior liberdade para o desenvolvimento de seus projetos. Mais tarde foi a vez de Hideo Kojima “deixar o barco a deriva”. Depois de ter as relações estreitadas com a Konami, o criador por trás da criação de Metal Gear, deu adeus a empresa em 2015.

Novo Foco

Não há dúvidas de que a Konami esta instável no últimos anos, por conta disso, tudo indica que a empresa está se reestruturando, e de acordo com Hideki Hayakawa, presidente da companhia, o futuro da produtora está nos promissores jogos mobile, o cuidado e a aplicação na franquia Pro Evolution Soccer para os dispositivos móveis tem fortificado cada vez mais estes fatos, e vale ressaltar o anuncio do novo Castlevania pra dispositivos moveis, o que fez o nome da empresa ser muito ventilado mundo a fora.

Nossas plataformas principais serão mobile. Os jogos estão se espalhando para várias plataformas, mas no fim do dia a plataforma que estará sempre mais próxima de nós será o celular. É nele que está o futuro dos jogos”, Hideki Hayakawa

Ponto Final

Sabemos o quão importante a Konami foi para os gamers nos anos 80 e 90, mas hoje, sua hegemonia não é mais a mesma, porém, todo gamer que se prese, mesmo sendo hater da empresa, sonha no dia em que a Konami, voltará a fazer grandes games e dar continuidade a suas maravilhosas franquias.

Advertisement

Ixi! E agora, qual sua reação?

Gostei Gostei
3
Gostei
Uau Uau
0
Uau
Nãaoo Nãaoo
0
Nãaoo
Confuso Confuso
0
Confuso
Choose A Format
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Convencional
Formatted Text with Embeds and Visuals
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes