Novo Metal Gear Solid na união soviética? CONFIRA essa ideia alternativa

Compartilhar

Metal Gear Solid é uma das franquias mais famosas e influentes dos videogames, criada pelo lendário Hideo Kojima. A série mistura ação, espionagem, ficção científica e drama, contando a história de soldados que enfrentam ameaças nucleares, biológicas e cibernéticas em um mundo à beira do caos.

Metal Gear Solid Nuclear Specter

Mas como seria se a franquia se passasse em um cenário alternativo, onde a União Soviética fosse a líder tecnológica e militar do mundo? Essa é a ideia por trás de Nuclear Specter, um projeto fictício que imagina como seria Metal Gear Solid em um contexto soviético.

Nuclear Specter se passaria em 1985, no auge da Guerra Fria. O protagonista seria Sergei “Old Wolf” Sokolov, um ex-agente e general que se envolve em uma conspiração relacionada à operação “Nuclear Specter”, que o estado tenta esconder a todo custo. Essa operação esconde uma nova “arma”, capaz de mudar o equilíbrio mundial de forças. Mas sua verdadeira natureza é um mistério.

Sokolov teria que reunir informações e tentar descobrir a verdade, formando sua própria coalizão. Com o apoio de pessoas leais a ele, ele infiltraria em um complexo de pesquisa secreto na Sibéria, encontraria agentes nas sombras do Kremlin, viajaria pela Transiberiana e estabeleceria contatos em cidades fechadas. Sua determinação o levaria a um cosmodromo, onde ele enfrentaria uma operação arriscada e um salto da órbita terrestre.

Metal Gear Solid Nuclear Specter

Metal Gear Solid Nuclear Specter é apenas uma fantasia e é importante ressaltar que esse game não existe, mas considerando as possibilidades gerativas da IA, podemos imaginar como seriam as artes para esse título. Talvez o desenvolvimento de jogos russo ainda alcance um nível em que essas ideias possam ser realmente consideradas como conceitos.


Compartilhar

Reviews

0 %

Notas Usuários

0 reviews
Dar Nota

Deixe um comentário