0

Pontos Positivos

Ambientação

Exodus tem uma linda ambientação, e é muito diversificada também. Tendo fases em lugares frios e úmidos, desertos, florestas e cidades! Todos os lugares que passamos no jogo são extremamente detalhados, passando a sensação de que criaram isso com muito carinho. O elemento mundo-aberto em algumas fases ajuda a enriquecer essa ambientação, pois você sempre acaba encontrando algum lugar que tenha uma história por trás daquilo, uma arma que tenha algum acessório que queira ou até mesmo os recursos que o jogador coleta para criar itens.

Jogabilidade

Essa franquia sempre foi conhecida por ter uma jogabilidade complexa (alguns chamam de confuso embora eu considere um termo pobre para esse elemento da franquia) nesse game temos que gerenciar diversas coisas, como: A bateria de sua lanterna, filtro de oxigênio, a limpeza de suas armas e a sua máscara que pode acabar trincando, caso quebre o suficiente para escapar o oxigênio, Artyom pode dar uma “segurada” no problema com uma fita adesiva, mas o recomendável é que você encontre uma bancada e conserte rapidamente! O nosso personagem tem uma mochila em que ele pode fazer coisas básicas como criar kit médicos, filtros, granadas, facas de arremesso etc. Ele também pode mudar a qualquer momento os acessórios de sua arma, como: Coronha, cano, mira e miras laser para melhorar o tiro sem visada. Dependendo de sua dificuldade, a munição pode ser algo bem escasso, então saiba quando atirar.

Gráfico 

Quando anunciaram o Exodus na E3 de 2017 na conferência da Microsoft, eu tinha achado o gráfico espetacular! Quando eu vi de novo na E3 de 2018 senti que teve um downgrade. Ao jogar a versão final descobri que na verdade o game teve um upgrade no seu gráfico. E meus amigos, esse Metro Exodus é um show nesse quesito. Sistema de sombras impecável, os detalhes em tudo do mundo ao seu redor é de cair o queixo! Se tem algo que Exodus não decepciona, é gráfico! 

Escolhas 

Nós já tínhamos um sistema de escolhas no 2033 e Last Light  mas não era algo tão desenvolvido como é em Exodus. Suas decisões e jeito de jogar podem facilmente definir como será seu final. Se você é uma pessoa que gosta de jogar como o Rambo, sem usufruir do Stealth, é possível que tenha um caminho mais “triste” no game. Agora, se você gosta de evitar conflitos, usufruir do Stealth, provavelmente terá um caminho mais “Feliz” no final do game. Mas claro, isso é relativo, e cada um joga do jeito que quer. De qualquer forma, o sistema de escolhas é algo muito bacana nesse jogo. Ao sobrar poucos inimigos em um combate, eles começam a se render e você terá 2 opções: Desmaiar ou matar, e isso influencia muito na sua jornada, principalmente na fase “A Taiga”. 

Enredo

Embora eu não considere o enredo de Exodus o melhor da trilogia, é inegável que ele é ótimo e muito bem desenvolvido. Com excelentes personagens e com relacionamentos muito bem feito. Nesse game, nós nos apegamos aos personagens presentes e até passa um sentimento de que eles são nossos amigos a muito tempo e isso é incrível! Uma equipe sempre unida, querendo o bem. E todos tem uma ótima lore! 

Pontos Negativos

Otimização e Performance 

De longe esse é o maior problema do game, temos diversos bugs como: Inimigos sumindo, te vendo e atirando através da parede (inclusive ele acerta os tiros) temos alguns crashes e engasgadas no game. Durante uma bossfight, decidi trocar o dardo padrão para o dardo explosivo no nosso Cross Bow, e quando eu fiz isso o jogo simplesmente bugou a JOGABILIDADE, não conseguia correr, mirar, trocar de arma, agachar, recarregar e tudo mais… E isso aconteceu 2 vezes comigo! Felizmente, a 4A Games está lançando patches de correção constantes e já consertou boa parte dos problemas.

Mundo-Aberto

Embora eu tenha elogiado a ambientação do game e disse que esse elemento ajuda a enriquecer isso, infelizmente achei esse mundo-aberto algo extremamente falho no game, sendo algo pobre. Não se tem muitas coisas para fazer no mapa, você pode explorar para coletar recursos, armas, acessórios e fazer as Side Quests que são fracas e simples… Do tipo, pegue um violão para determinado amigo ou recupere a boneca da garotinha tal. No fim, a linearidade dos jogos antecessores deu uma saudades em ALGUNS momentos. Na primeira fase mundo aberto, até então entitulado “O Volga” temos que andar quase sempre a pé (e o mapa não é pequeno) e quando precisamos andar de barco sentimos uma pequena “agonia” pois o barco anda MUITO devagar e torna extremamente fácil dos mutantes subirem e te atacarem. Já no deserto, o carro ajuda mas ainda sim o mundo-aberto é algo extremamente pobre. 

Falta de uma trilha-sonora marcante. 

Nesse game, nós simplesmente não vemos uma música memorável, sempre é algo simples e até mesmo genérico. Eu sei que a franquia nunca foi sinônimo de trilha sonora marcante, mas acredito que eles podiam ter se esforçado… Única vez que vi uma música nesse game que eu REALMENTE gostei foi no trailer de REVELAÇÃO em 2017, que tocou a excelente “In the House” de John Murphy que foi utilizada no trailer de lançamento do Metro 2033. Mesmo com uma ausência de trilha-sonora marcante, esse problema não é algo que vá comprometer sua jornada.

Loadings

Definitivamente esse problema me incomodou MUITO. Metro Exodus tem um loading EXTREMAMENTE lento, levando de 2 a 5 MINUTOS que é algo simplesmente ridículo. As vezes, você acaba morrendo por um motivo besta, e por conta disso, você leva uns 2 minutos pra ressurgir, e isso se torna algo muito cansativo. Nos patches que o game recebeu, não senti NENHUMA diferença e olha que eu finalizei Exodus 2 vezes pra pegar os finais que o jogo tem. E essa segunda jogada se iniciou na sexta-feira, dia 8 de março. E o game lançou dia 15 de fevereiro. 

A Troca inesperada de Plataforma do game

Metro Exodus era pra lançar na Steam que basicamente é a loja padrão para os games no PC. Exodus estava sendo vendido lá com um ótimo preço, e de repente a 4A Games anuncia que tiraram o jogo da Steam e que agora será exclusivo por 1 ano da Epic Store. A loja da Epic não é ruim, mas sabemos que está faltando MUITA coisa em relação a Steam. E isso causou muita polêmica, tendo pessoas que deixaram de comprar o game pela troca de plataforma. Na minha opinião, essa decisão foi uma ação muito "amadora" por parte da empresa. 

Pra fechar, Metro Exodus é um game ótimo mas tem problemas graves que impedem que o mesmo se torne algo fluído em determinados momentos. 

Minha nota final para esse game, é: 8,5 








A sua opinião sobre esse artigo pode ser escrita abaixo!

0

Reação Nerd:

Gostei Gostei
1
Gostei
Uau Uau
1
Uau
Amei Amei
0
Amei
Nãaoo Nãaoo
0
Nãaoo
Confuso Confuso
0
Confuso
Raiva Raiva
0
Raiva
GabuNerd

Escolha um formato
Enquete
Crie uma enquete onde a decisão será tomada por opiniões através de uma votação
Convencional
Crie um texto, insira imagens e vídeos.
Ranking
Os votos mudam a posição de cada item nesse ranking
Meme
Faça Upload de imagens e crie o seu próprio meme