Console Nacional: Rússia entra na competição dos videogames

2 min


Console Nacional: Rússia entra na competição dos videogames
Console Nacional: Rússia entra na competição dos videogames

Por ordem do presidente da Rússia, Vladimir Putin, o país já iniciou os primeiros passos em busca do desenvolvimento de seu próprio console. A tarefa designada por Putin é responsabilidade do Ministério da Indústria e Comércio da Rússia, que já procura empresas e outros departamentos para determinar os recursos necessários para o projeto.

A criação de um novo dispositivo local está inserida em uma série de investimentos focados na área de tecnologia, onde o país enfrenta deficiências. O momento é oportuno, já que a ordem de Putin vem em um momento em que todas as principais fabricantes de videogames (Sony, Microsoft e Nintendo) suspenderam envios de seus produtos para a Rússia, após a invasão do país à Ucrânia.

Assim, espera-se a criação de um console com a potência necessária para competir com os videogames da Sony, Microsoft e Nintendo.

Opinião de especialistas a respeito de um console

Rússia entra na competição dos videogames com console nacional
Console Nacional: Rússia entra na competição dos videogames

Os especialistas do portal russo 3D News não estão muito confiantes no processo de produção de um novo dispositivo de jogos. O portal destaca que atualmente nenhuma empresa russa tem capacidade para produzir um console comparável ao Playstation ou ao Xbox, uma vez que esses concorrentes dependem de tecnologias avançadas e exigem investimentos de centenas de milhões para serem desenvolvidos.

Desenvolver um videogame também implica em um investimento financeiro significativo, com custos que podem atingir centenas de milhões de dólares devido à necessidade de tecnologia de ponta e extensivas pesquisas e desenvolvimento.

Vale ressaltar que o plano de Vladimir Putin ordenado em março, também abrange a criação de jogos próprios. Apesar da criação de um novo dispositivo russo, há ainda a necessidade alinhada com a dificuldade, de possuir os títulos que também chegarão às plataformas da Sony e Microsoft. Lembrando que a lucratividade das duas empresas em torno do seu console, vem em relação a venda de jogos e seus conteúdos, pois suas plataformas de jogos são basicamente vendidos a preço de custo.

O presidente, no cargo há 24 anos, instruiu a resolver a questão da criação de uma plataforma de jogos russa em março de 2024. De acordo com este despacho, o governo deve “considerar a organização da produção de consoles de jogos fixos e portáteis, além de criar um sistema operacional e um sistema em nuvem para a entrega de jogos e programas aos usuários” até 15 de junho deste ano.

Concorrência

Console Nacional: Rússia entra na competição dos videogames
Console Nacional: Rússia entra na competição dos videogames

Caso o projeto do líder russo avance, será muito difícil competir com produtos já estabelecidos em todo o mundo, inclusive na Rússia. Abaixo, seguem dados recentes de comercialização dos sistemas da Sony, Microsoft e Nintendo:

PlayStation: No balanço de vendas do ano de 2023, encerrado em março de 2024, o console oficial da Sony registrou um total de 59,3 milhões de unidades vendidas.

Xbox: Ao contrário da Sony, a Microsoft não costuma divulgar o número exato de vendas de seus consoles. No entanto, anteriormente neste ano, confirmou-se uma queda significativa nas vendas dos Xbox Series X/S. Estima-se que ambos os produtos tenham alcançado a marca de 21 milhões de unidades vendidas até o final do ano passado.

Já o console principal da Nintendo, o Switch, registrou o número de 141,32 milhões de unidades vendidas desde o momento de seu lançamento.


GOSTO DISSO? COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS!

Bruno Lorenzi