Review: Superman: Entre a Foice e o Martelo
0

Olá Nerds, hora da análise…

Resultado de imagem para elseworlds hq logo

Algo interessante aplicado em várias HQs, é a tentativa de passar para o leitor um ângulo diferente de visão de uma história muito conhecida, a diferença é aplicada em pontos específicos da narrativa, e como consequência, toda a linha do tempo é modificada; no universo Marvel este tipo de história se enquadraria nos spinoffs de “What if“, já no universo DC, onde a história esta, este tipo de “conto” esta localizado sob a marca do Elseworlds.

Advertisement

Superman: Entre a Foice e o Martelo, foi lançado em quatro capítulos pela DC Comincs em 2003, seguindo o roteiro de Mark Millar, esta história paralela apresenta uma perspectiva muito interessante, trazendo, entre linhas, uma questão perspicaz; “o que teria acontecido se a nave de Kal-El não tivesse caído no Cansas, nos EUA, mas sim, na USS ?”

Resultado de imagem para hq superman entre a foice e o martelo

Enredo

O enredo está estruturado na possibilidade do Superman ter crescido na União Soviética liderada pela figura histórica de Josef Stalin, no regime comunista/socialista, e na época da guerra fria, o que traria uma série de mudanças a história global.

Kal-El é tratado como braço direito do líder comunista, “…como campeão do proletariado, trava uma batalha por Stalin, pelo socialismo e pela expansão internacional do Pacto de Varsóvia. Superman: O orgulho do estado Soviético, simbolo de nosso poderio militar…”; com vários atos heroicos, poupando a vida de milhões, “Super” ganha visibilidade mundial, poder político, credibilidade e amor de todo o povo; e mesmo com tudo isso, nem todos do partido soviético se agradam de Kal-El estar tendo tanto poder político.

Resultado de imagem para camarada superman

Ao mesmo tempo, o cientista Lex Luthor, tenta de diversas formas criar algo que possa ter o mesmo poderio militar que o Superman representa para os soviéticos, porém, sem sucesso aparente. Com a parceria de Stalin com as amazonas, em especial a Mulher Maravilha e a aparição de Batman, que dentro do pais, luta contra o regime e o líder eminente Superman, a história se desenrola e evolui de modo fantástico e belo, levando o leitor diretamente ao núcleo da extinta USS e as ideias contraditórias de Luthor e Superman.

Resultado de imagem para hq superman entre a foice e o martelo

Arte

Os traços artísticos tem um interessante estilo, onde, quando os quadros estão na União Soviética, todo tem um toque de cinza e um realce especial na coloração vermelha, mesmo que seja em pequenos detalhes, porém o destaque da cor primária é visível; é interessante ressaltar como o uniforme do Superman e da Mulher Maravilha ficam belos em tonalidades diferentes e com escudos diferentes.

Resultado de imagem para hq superman entre a foice e o martelo

A arte é imersiva e leva o leitor diretamente aos grande palácios soviéticos, ao frio inigualável, as belíssimas festas e a esperança do povo em seus grandes líderes, hora sendo Stalin e hora Superman. Os quadros de ação são ótimos e as muitas conversas sempre estão em um ambiente cativante e expressivo.

Personagens

Boa parte dos personagens tem presença interessante na história, porém sem um grande desenvolvimento. O destaque negativo vai para o Batman, que é muito mais um rebelde do que alguém que tem similaridades com o vigilante de Gotham que conhecemos; e o destaque positivo vai para Lex Luthor, em torno do vilão há um enredo fascinante que possui doentio fascínio por derrotar o Superman, uma convivência turbulenta com sua esposa e seu crescimento nos EUA, este realmente foi um personagem bem desenvolvido.

Resultado de imagem para hq superman entre a foice e o martelo

Diálogos

Algo bem interessante nos balões de fala, é o costumeiro termo “camarada”, quando os soviéticos estão conversando, por algum motivo especifico que não me recordo, este termo é utilizado na “cultura pop” justamente para remeter a USS, seria algo como o sotaque do texas, porém, aplicado aos futuros russos. No primeiro capitulo, vemos diálogos mais curtos, porém, com muitos quadros que relatam a história para situar o leitor, após isso, os diálogos são diretos e ríspidos quando, especialmente nos diálogos entre soviéticos e americanos.

Imagem relacionada

Veredito

Superman: Entre a Foice e o Martelo, é uma ótima HQ, 172 páginas da Grafic Novel publicada por nossa parceira Panini, é de extremo capricho e até mesmo introdução cultural, dando a oportunidade do leitor avaliar se os fins justificam os meios, bem como, como seria o universo DC, se a história realmente tivesse acontecido; vale lembrar que o sucesso da HQ foi tão grande que uma animação do mesmo título esta sendo desenvolvida pela DC, algo que promete muito.

 

[wp-reviews]

Advertisement

Ixi! E agora, qual sua reação?

Gostei Gostei
0
Gostei
Uau Uau
1
Uau
Nãaoo Nãaoo
0
Nãaoo
Confuso Confuso
0
Confuso